Make your own free website on Tripod.com
XII Copa do Mundo da FIFA - 1982
Júnior
Home

junior.jpg

Leovegildo Lins da Gama Junior, conhecido apenas por Junior (João Pessoa, 29 de junho de 1954) é um ex-futebolista brasileiro, craque do Flamengo, mas que também despontou no futebol italiano.

Junior foi um dos maiores jogadores com carreira no Flamengo. Fez 865 jogos pelo clube, sendo o recordista em jogos vestindo a camisa rubro-negra.

Junior já foi volante, lateral-direito, lateral-esquerdo e meio-campista. Ele ficou no time até 1985, quando foi vendido para o Torino, da Itália, e, depois, para o Pescara, do mesmo país.

Em 1989, aos 35 anos e a pedido de seu filho, que nunca o vira jogar pelo Flamengo, Júnior voltou para comandar a equipe rubro-negra nas conquistas da Copa do Brasil em 90, o Campeonato Estadual em 91 e no Brasileiro de 92.

Neste último foi um autêntico maestro, de seus pés surgiram os melhores momentos de um time que surpreendeu os rivais na reta final.

O "Vovô-Garoto", como ficou conhecido na segunda fase em que esteve no time rubro-negro, viveu muitos dias de glória no clube, fazendo 74 gols ao todo com a camisa rubro-negra.

Pela Seleção Brasileira, Junior jogou setenta partidas entre os anos de 1979 e 1992, registrando seis gols. Participou das Copas do Mundo de 1982 e 1986.

É considerado o maior lateral esquerdo da Seleção Brasileira depois de Nilton Santos.

Júnior encerrou a carreira de jogador em 1993 e no mesmo ano assumiu a função de treinador do time substituindo Evaristo de Macedo ficando no clube até 1994 , retornou ao clube em 1997 no lugar de Joel Santana foi ainda técnico do Corinthians em 2003 mas após 3 rodadas entregou o cargo. em 2004 assumiu a função de gerente de futebol do Flamengo ficando na função até o final daquele ano.

Nos anos em que jogou no Torino, clube italiano, Junior impressionou a Itália com o seu grande futebol. Prova disso é a homenagem que recebeu no centenário do clube.

Depois de sua aposentadoria dos campos, Júnior partiu para uma grande empreitada: a de alavancar o até então incipiente futebol de areia à condição de esporte reconhecido e sucesso de público. Participou das primeiras grandes conquistas da seleção brasileira neste esporte, tendo depois a companhia de outros grandes craques, como Zico e Cláudio Adão.

Junior também fez sucesso fora dos gramados e areias como cantor. Em 1982, poucos meses antes da Copa do Mundo da Espanha, gravou o compacto com a música Povo Feliz, que ficou mais conhecida como "Voa Canarinho". A música virou a trilha sonora da Seleção Brasileira naquela Copa e o compacto vendeu mais de 800 mil cópias.

Em 1995, ano do centenário do Flamengo, gravou o CD comemorativo do clube, com participações de Bebeto e Moraes Moreira.

Hoje, Júnior trabalha como comentarista esportivo da Rede Globo, tendo já passado pelos canais Sportv e PFC. Recentemente, foi técnico em três oportunidades: do Flamengo nos anos de 1993-94 e 97 e do Corinthians em 2003.

volta à página inicial