Make your own free website on Tripod.com
XII Copa do Mundo da FIFA - 1982
Frases sobre a Copa do Mundo de 1982
Home

  • "Com Paolo Rossi no ataque, nossas chances de vencer a Copa ficam reduzidas." (Gabriele Oriali, meia da seleção italiana, antes da estreia da Itália na Copa do Mundo de 1982).

  • "Espero persuadi-los a comer pelo menos um pouco antes de disputar as partidas da Copa." (Treinador Carlos Alberto Parreira comenta sobre as dificuldades de dirigir o Kuwait, cujos atletas, muçulmanos, faziam jejum durante a Copa do Mundo por estarem no período do Ramadã).

  • "Telê revoluciona o futebol." (Zezé Moreira, técnico do Brasil na Copa de 1954).

  • "Bota ponta, Telê!" (Bordão do programa Viva o Gordo, de Jô Soares).

  • "Brasileiro não é covarde, mas o mais importante é jogar futebol. Não deve haver revide nem reclamações. É uma colaboração que podemos dar ao futebol." (Telê Santana, antes do jogo entre Brasil e Argentina).

  • "Decidiremos o jogo indo à frente, sem recuar a nossa equipe. Somos melhores." (Telê Santana, técnico da seleção brasileira, comenta sobre a tática que utilizaria na partida contra a Itália).

  • "Não era o nosso dia. Se marcássemos quatro gols, a Itália marcaria cinco. Não conseguimos manter o empate nem por cinco minutos." (Zico, logo após a derrota para a Itália na Copa).

  • "A defesa da Itália é muito boa, consegue dar combate em toda a intermediária e sai jogando com rapidez. Acredito que a seleção italiana é uma adversária muito mais perigosa, ao contrário do que estão falando." (Falcão, no dia em que o Brasil ficou sabendo que a Itália seria um dos rivais na segunda fase da Copa).

  • "Quando a Itália fez o segundo gol, olhei para o Cerezo, e ele estava chorando. Fiquei descontrolado, louco de raiva. Fui até ele e disse: 'se você não parar de chorar agora, meto-lhe a mão na cara. Este é um jogo para homens, Toninho. Se você está com medo, saia logo'." (Júnior, lateral da seleção, em entrevista logo após a derrota para a Itália).

  • "Foram os trinta dias mais perdidos da minha vida." (Sócrates, sobre sua participação na Copa).

  • "Nem sempre vencem os melhores." (Faixa colocada no hotel da seleção brasileira após a derrota para a Itália).

  • "Telê deveria ter me levado à Copa de 1982. Mas eu tinha posições políticas, e ele era reacionário." (Reinaldo, ex-centroavante de Atlético Mineiro).

  • "Azar de quem não acreditou. Tanto reclamaram desta seleção que vai ser difícil para essas pessoas explicar ao público como uma seleção tão ruim foi campeã do mundo." (Bruno Conti, um dos destaques da Itália, logo após a vitória na final).

  • "Só não digo que o futebol-arte não serve para o Mundial porque estaria cometendo injustiça com outras seleções brasileiras que conquistaram o título. Mas às vezes é importante partir para um futebol mais rude." (Falcão, no dia seguinte à derrota para a Itália).

  • "Quando chegar em meu quarto, na concentração, vou chorar, gritar, desabafar sozinho." (Cerezo, que errou um passe que originou um gol italiano, após o jogo).

  • "Por favor, voltem logo. Será difícil que nos acostumemos a outro tipo de futebol." (Diário "El Correo de Andalucia", sobre a seleção brasileira após a derrota para a Itália).

volta à página inicial